Júri desclassifica crime de Homicídio a acusada de abandono e maus tratos a avó em Bom Jardim.

0
1877
O Juiz Bruno Barbosa definiu sentença e Betiene vai cumprir pena no regime SEMI-ABERTO tendo que cumprir obrigações com a justiça nesse periodo.

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Bom Jardim, em sessão de julgamento da ultima sexta-feira (23), decidiu pela desclassificação do crime de Homicídio dá ré Betiene Bezerra Sales, que era acusada de abandono de incapaz e maus tratos a sua avó Francisca Ferreira da Conceição que morreu em Junho de 2017.

O promotor Dr. Fabio Oliveira em explanação no salão do Juri em Bom Jardim

O caso repercutiu bastante, sendo principal noticia em principais blogs de noticia do estado na época.

O Ministério Publico autor da ação pedia a condenação, atribuindo a responsabilidade de Betiane ao falecimento de sua avó Francisca por maus tratos e abandono, na ação pedia a condenação também por abandono de menores (seus filhos), desacato aos conselheiros tutelares e injuria racial, já a ré se declarou inocente, afirmando que amava sua vó e prestava cuidados a ela e seus filhos.

Mesmo com a desclassificação do Juri sobre a culpa do homicídio, O Juiz Bruno Barbosa Pinheiro decidiu que Betiane cumpra pena de 05 (ANOS) anos e 04 (quatro) meses de reclusão e 01 (um) ano, 10 (dez) meses e 20 (vinte) dias de detenção (diminuindo o tempo que ela ficou detida), no REGIME SEMI-ABERTO, tendo que realizar as seguintes obrigações nesse tempo: Comparecimento mensal ao juízo, todo dia 10, ou primeiro dia útil subsequente, para informar e justificar suas atividades; 2 Recolhimento domiciliar das 20h às 5h.

www.obomja.com

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA